Homenagem à herma de Samuel Hahnemann ocorreu no sábado, 21

Uma representação de homeopatas e simpatizantes celebrou o Dia Nacional da Homeopatia com homenagem à herma de Samuel Hahnemann, no Parque Farroupilha, no sábado, 21. Sempre apoiando as ações da Liga Homeopática do RS, a vereadora Lourdes Sprenger também esteve lá.

Ao referir-se aos constantes ataques que a Homeopatia recebe, o médico Erico Dorneles, diretor científico da Sociedade Gaúcha de Homeopatia e voluntário da Liga Homeopática, lembrou as palavras do primeiro-ministro da França, Pierre Guizot, quando a Academia de Medicina solicitou a proibição do exercício da homeopatia naquele país: “Hahnemann é um sábio de grande mérito. A ciência deve ser para todos. Se a Homeopatia é uma quimera ou um sistema sem valor próprio, cairá por si mesma. Se ela é, ao contrário, um progresso, expandir-se- á mesmo com nossas medidas proibitivas e a Academia deve lembrar-se, antes de tudo, que tem a missão de fazer progredir a ciência e encorajar as descobertas”.

Ao final da homenagem, um grupo confraternizou em um almoço no Bar Ocidente.

Gelcira Teles